sábado, 7 de janeiro de 2012

Cena 1268: Mistérios da humanidade: O Misterioso Vale da Morte

As pedras deslizantes são um dos fenômenos mais intrigantes e misteriosos da geologia e ocorre no Parque do Vale da Morte, na Califórnia (E.U.A.), um lugar de topografia e temperatura extremos.

O fenômeno pode ser observado especialmente em Racetrack Playa, um lago seco onde foram estudados e registrados os mais notáveis movimentos das pedras. Pedras de tamanhos variados (algumas pesam até 300kg!!) são encontradas a distâncias de até milhares de metros de sua posição original deixando rastros de extensão e direção variados, sem evidência alguma de intervenção humana ou animal.

Existem vários estudos mas nenhum deles ainda é tido como a resposta definitiva para o fenômeno do movimento das rochas. Em 1972, Bob Sharp e Dwight Carey iniciaram uma pesquisa monitorando cerca de 30 pedras. Cada pedra recebeu um nome e foram observadas por um período de sete anos. Cercas de proteção para previnir a ação dos ventos (uma hipótese cogitada em 1948) foram montadas mas as rochas moveram-se da mesmo forma, trazendo resultados ainda mais intrigantes.

Quase todas as pedras apresentaram movimentos que variaram de apenas alguns centímetros até 262 metros, a maior distância percorrida, em direções variadas. Algumas pedras selecionadas lado a lado apresentaram movimento de apenas uma, com o seu par permanecendo completamente imóvel. Esse cenário caótico tornou difícil encontrar uma resposta satisfatória.

Desde então, várias teorias foram formuladas incluindo, ventos, atividade sísmica, anomalias magnéticas, correntes de água, formações de balsas de gelo, entre outras. Uma das teorias mais aceitas seria a de causas múltiplas, com cada caso sendo produzido por fatores diferentes mas, até o fenômeno ser testemunhado visualmente, o mistério deve persistir, instigando a nossa imaginação.

2 comentários:

# Fowl disse...

é sobrenatural essa porra de pedras andantes!!!

Eu teria medo! o-o

Anônimo disse...

Interessante!