quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Cena 1207: Mistérios da humanidade: As Pedras Dropa

Era 1938 e o arqueólogo Dr. Chi Pu Tei fazia algumas escavações nas montanhas entre a fronteira do Tibete e da China, quando acabou por descobrir umas pedras em forma de disco, que mediam mais ou menos 24 centímetros e possuíam um furo no centro.

A princípio não havia nada de tão especial nesse achado, porém depois de um certo tempo algumas coisas descobertas através das pedras acabaram surpreendendo a todos.

Esses discos possuíam um tipo de escrita muito semelhante a hieróglifos, que saiam do centro e iam em espiral até as bordas. Depois de algum tempo de estudos, os pesquisadores conseguiram descobrir o significado dessas escrituras e elas contavam a história de um povo que viera do espaço.

Esses seres de outro mundo teriam vivido nas montanhas onde foram encontrados os discos de pedras, além disso, nesse local foram encontrados alguns corpos de seres baixinhos com cabeças grandes, porém humanos.

Dessa forma algumas questões ficam em aberto, tais como: Seria esse povoado da montanha de alguma descendente de extraterrestres? Teriam ET’s visitados aquele povo e lhe ensinado algumas coisas? Se nada disso aconteceu, de onde esse povo tirou essa história de naves do espaço?

2 comentários:

Anônimo disse...

De onde os egípcios tiraram a sua mitologia, de onde os gregos tiraram sua mitologia? de onde os romanos tiraram sua mitologia, ops foi dos gregos... Resumindo eles inventaram como qualquer outra mitologia. Aquele esqueleto é de uma criança com deformações físicas e deve ter sido enterrado no gelo por esse motivo.

Pedro Henrique disse...

É certeza que este cadaver tava na mesma região?
Pelos traços deixados no cranio e na deformidade dos ossos, pode ser talassemia, que é um tipo de anemia que causa graves perdas de ferro e com isso deformidade nos ossos. Os discos retratam coisas do imaginário assim como o Kraken, elfos e gnomos...até acredito em vida em outros planetas, mas o problema é que as provas são muito abstratas, quando as temos ne?