quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Cena 658: Oscar 2011

A cerimônia do Oscar 2011 acontece no próximo dia 27. Resolvi pegar a lista de indicações e opinar em alguns. E antes que venham aqueles comentários do tipo "aprende cinema antes de falar alguma coisa", saibam que o que está escrito aqui é apenas a MINHA opinião. É o MEU gosto para filmes.


Melhor Filme

"127 Horas" - Como já falei, detestei esse filme. "Enterrado Vivo", que segue a mesma linha, é que deveria ter sido indicado.
"Cisne Negro" - Achei bem ruim. Tirando as cenas de sexo entre a Natalie Portman e Mila Kunis (que é a única coisa boa), é filme pra guriazinha retardada de 12, 13 anos que acredita em contos de fadas.
"O Vencedor" - Não assisti ainda.
"A Origem" - Decepcionante. Trailers, cartazes indicando que poderia ser O filme do ano, e é uma bela porcaria. Ellen Page é completamente nula. Mas o pior não é isso, ela é tão ruim que ofusca o resto dos atores com a péssima interpretação.
"Minhas Mães e Meu Pai" - Até agora eu não entendi o que esse filme está fazendo na lista de indicados a melhor filme. Machista. Banaliza a relação homossexual.
"A Rede Social" - Não é apenas a história da criação do facebook. Aliás, isso é só um detalhe no filme que é sutil e emocionante.
"O Discurso do Rei" - Chato e demorado. Dá sono.
"Toy Story 3" - Bonitinho. Mas não que seja merecedor de um Oscar nessa categoria.
"Bravura Indômita" - Não assisti ainda.
"Inverno da Alma" - Esse deveria ganhar o Oscar, com louvor. É o tipo de filme que a gente nunca imagina qual será a próxima cena, menos ainda o final. Impressionante, fantástico, excepcional!


Melhor atriz

Annette Bening por "Minhas Mães e Meu Pai" - Que? Não! Essa dai é a principal responsável por eu ter odiado o filme. É a mulher "homem" que faz a mulher "mulher" parar de trabalhar pra ficar em casa cuidando das crianças.
Nicole Kidman por "Reencontrando a Felicidade" - Nicole no auge da sua decadência. Meu choro fingido é mais convincente que o dela.
Jennifer Lawrence por "Inverno da Alma" - Primeiro filme dela que eu assisti. Virei fã. Uma personagem que não demonstra sentimentos mas faz dar nó na garganta várias vezes.
Natalie Portman por "Cisne Negro" - Sempre maravilhosa. Mas não foi o suficiente para deixar o filme bom.
Michelle Williams por "Blue Valentine" - Não assisti ainda.


Melhor ator

Javier Bardem por "Biutiful" - Não assisti ainda.
Jeff Bridges por "Bravura Indômita" - Não assisti ainda.
Jesse Eisenberg por "A Rede Social" - Bem natural, tranquilo. Se o mundo explodisse do lado dele, ele continuaria de mão no bolso. Adorei.
Colin Firth por "O Discurso do Rei" - Muito bom. Quase acreditei que era gago de verdade.
James Franco por "127 Horas" - Esse cara é bom, mas não nesse tipo de filme.


Melhor ator coadjuvante

Christian Bale por "O Vencedor" - Não assisti ainda.
John Hawkes por "Inverno da Alma" - Gostei. Ele tem uma maldade ingênua no olhar.
Jeremy Renner por "Atração Perigosa" - Não assisti ainda.
Mark Ruffalo por "Minhas Mães e Meu Pai" - Até gosto desse ator. Mas parece que ele sempre faz o mesmo papel em todos os filmes.
Geoffrey Rush por "O Discurso do Rei" - Carismático, só.


Melhor atriz coadjuvante

Amy Adams por "O Vencedor" - Não assisti ainda.
Helena Bonham Carter por "O Discurso do Rei" - Foi o pior filme dela. Qualquer outra atiz teria feito melhor.
Melissa Leo por "O Vencedor" - Não assisti ainda.
Hailee Steinfeld por "Bravura Indômita" - Não assisti ainda.
Jacki Weaver por "Reino Animal" - Não assisti ainda.


Melhor diretor

Darren Aronofsky por "Cisne Negro" - Assistir balé nunca foi tão torturante. Mas ele acertou nas cenas de sexo, hehehe.
Ethan Coen e Joel Coen por "Bravura Indômita" - Não assisti ainda.
David Fincher por "A Rede Social" - Deixou grandiosa uma história bem simples.
Tom Hooper por "O Discurso do Rei" - Ainda não entendi o que ele pretendia com esse filme.
David O. Russell por "O Vencedor" - Não assisti ainda.


Melhor roteiro original

"Another Year" - Não assisti ainda.
"O Vencedor" - Não assisti ainda.
"A Origem" - Aqui o Oscar seria muito merecido.
"Minhas Mães e Meu Pai" - Original? Onde?
"O Discurso do Rei" - Novidade zero.


Melhor roteiro adaptado

"A Rede Social" - Depois desse filme eu criei um facebook.
"127 Horas" - É só uma história normal de uma pessoa normal, mas que transborda drama e sensacionalismo.
"Toy Story 3" - É bom, mas não pra tanto!
"Bravura Indômita" - Não assisti ainda.
"Inverno da Alma" - Todos os elogios possíveis para essa obra-prima.


Melhor animação

"Como Treinar o Seu Dragão" - Não assisti ainda.
"O Mágico" - Não assisti ainda.
"Toy Story 3" - Só nesta categoria o Oscar seria merecido para este.


Melhor filme estrangeiro

"Biutiful", do México - Não assisti ainda.
"Kynodontas", da Grécia - Não assisti ainda.
"Em um Mundo Melhor", da Dinamarca - Não assisti ainda.
"Incendies", do Canadá - Não assisti ainda.
"Fora da Lei", da Algéria - Não assisti ainda.

3 comentários:

Victor C.H. disse...

A Origem devia ganhar. hmpf

Márcio Brasil disse...

Gostei muito da tua avaliação. Está bem divertida. Sintética, impossível não ler tudo até o fim. Tá muito legal.

Só pra corrigir: tu assistiu a Atração Perigosa, filme pelo qual o Jeremy Renner foi indicado. Lembra? É aquele com o Ben Afleck, onde o Renner faz aquele bandido de pavio curto e que tem uma tatuagem no pescoço...

Beijos.


"icole no auge da sua decadência. Meu choro fingido é mais convincente que o dela."

espaonet disse...

Adorei sua postagem, sua cinceriadade já valeria um oscar, mas só por ver os indicados dá para perceber que o cinema já teve anos melhores....

Abraços...