quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Cena 644: Almas gêmeas

Mulher – Oi

Homem – Oi, estive o dia todo pensando em você!!!

M – Eu também!

H – Fazia tempo que eu não me sentia tão bem...

M – Gostaria de lhe conhecer pessoalmente.

H – Eu também gostaria, mas sou casado, vai ser difícil...

M – Falo sério! Estou apaixonada por você!!!

H – Acho que também estou!

M – Diz que me ama.

H – Estou perdidamente apaixonado por você. Você me enfeitiçou!!!

M – hahaha! Adoro quando me diz essas coisas. O meu marido não é nada romântico.

H – O teu marido deve ser cego, nem percebe o que tem em casa. A minha mulher é igual. Sempre fria!

M – Quero te ver. Pode ser hoje às 4?

H – A essa hora estou trabalhando.

M – Não pode sair, inventando um motivo qualquer?

H – Apenas me deixam ir ao banheiro.

M – Então diz que você está passando mal.

H – Não posso. Tem que ser depois das 6.

M – Às 7 chega o meu marido, tenho que estar em casa.

H – Diga a ele que vai visitar uma amiga.

M – Que você faria, se nos encontrássemos?

H – Só penso em tê-la nos meus braços, em fazer amor!!!

M – Mmmmmmmmm! Te adoro!!! Estou ansiosa para estar com você!

H – Eu também… Então até às 6???

M – Tem que ver os meus filhos…

H – Quantos você tem?

M – 3...

H – Eu também!!!

M – São muito mimados!

H – Qual a idade deles? Os meus tem 7, 5 e 3.

M – Os meus também. Somos mesmo Almas Gêmeas!!!

H – Você mora onde? Eu moro em Interlagos.

M – É? Eu também! Se calhar, somos vizinhos... A mais nova é a Luiza e o mais velho é Alberto
como o pai.

H – Luiza? A minha mais nova também. Que casualidade! O meu mais velho também é Alberto...

M – Albeeeerto…???

H – Maartaa...???

M – Impotente!!!

H – Puta!!!

Um comentário:

AnneKira disse...

Hahasuhsauhasuhasuhuashsauh
Muito bom esse texto!