sábado, 30 de outubro de 2010

Cena 473: Somewhere

Belíssimo dueto entre Sharon Den Adel e Anneke Van Giersbergen, do DVD "Within Temptation Black Symphony".


sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Cena 472


Só porque eu não tenho mais o que postar e o Márcio disse que a foto estava bonita *-*

Cena 471

Mônica, Márcio, eu, Karla, Pasini, Lígia, Amandinha e Dudu, na mostra de Turismo da região central (Santa Maria, RS)

Estou saindo de Santiago agora, junto com o Márcio, o Pasini, a Karla e outros amigos, integrantes da Casa do Poeta. Nosso destino é Gobernador Virasoro, Argentina, onde participaremos do III Encontro de Escritores do Mercosul.

Talvez, de lá, eu poste algumas coisas aleatórias... só para o blog não ficar desatualizado, hehe.

Até a volta!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Cena 470: Hello Kitty


Você vai dizer "eu quero". É inevitável!

Cena 469: Cansei


De tudo.
De todos.

De mim.

Cena 468: Futuras gerações


Aproveita e me segue aí... @taina_st ;D

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Cena 467


Julian Beever

Cena 466: Filosofia do dia

"As idéias que eram boas são insuportáveis e os que eram meus amigos são apenas miseráveis."

Matanza

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Cena 465

- Ele precisa de ajuda. Da sua ajuda.

- ...

- Ana?

- Não... Eu ficarei exatamente onde estou. Ele virá, se realmente precisa.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Cena 464: Dilma Rousseff: a candidata perfeita...

... para representar a arrogância de muitos petistas!


Quando Lula tirou Dilma Rousseff do bolso para concorrer à Presidência da República, questionei: Por que não Paulo Paim? Por que não Eduardo Suplicy? Por que não Marcos Rolin? Não tenho dúvida: o PT é um grande partido, contribuiu imensamente para a construção da democracia, demarcou importantes espaços e constituiu um governo que somou boas conquistas para o país. Mas por que, de repente, estamos todos observando a ascenção da candidatura de uma figura até então desconhecida na política brasileira, a ex-ministra Dilma Rousseff?

Há várias teorias. Uma telas é a de que ela não seria um empecilho no momento em que Lula puder disputar novamente a presidência daqui há quatro anos. Ao contrário de Paim, Suplicy ou Rolim, a candidata de Lula ficaria apenas os seus quatro anos no cargo. Ou seja: não iria disputar a reeleição, abrindo espaço para que o seu mentor e padrinho político pudesse retornar. Quaisquer outro candidato poderia ser um risco às pretensões de Lula.

Teorias à parte, dizem que Dilma é competente. Não sei. O que sei é o quanto ela transparece arrogância e despreparo. É o quanto ela é vaga em suas respostas, quando não está diante do texto pronto no Teleprompter.

O PT pode até colocar roupas diferentes, mudar o penteado e investir no visual de sua candidata. Mas não conseguiu tirar-lhe a soberba, o cheiúme e a prepotência. E isso, Dilma deixa trasparente nos pequenos gestos, como ficou evidenciado em debates, entrevistas e nos momentos de "calça curta". (Como não conseguir explicar a ligação com figuras como Fernando Collor, José Dirceu e José Sarney).

Nesta quarta-feira, foi notícia de que o candidato do PSDB, José Serra, havia sofrido uma agressão durante uma passeata no Rio de Janeiro. Cabos eleitorais do PT entraram em confronto com os do PSDB. E acabou que Serra foi atingido na cabeça por algum objeto. Uma rápida passada pelos blogs petistas demonstra um pouco da arrogância da militância de Dilma: muitos debocham da agressão a Serra.
Alguns, dão risada dizendo que ele foi atacado com uma bolinha de papel, outros com um rolo de fita.

Eu entendo que não interessa que seja uma bolinha de papel, uma pedra ou um ovo podre. Interessa que houve, sim, uma falta de respeito. Como candidato Serra merece o respeito de seus oponentes da mesma forma que deve respeito a eles. Existe uma linha que não pode ser ultrapassada, que é a linha da ética. Criticar, questionar, denunciar...tudo isso é válido. O que não pode haver é o esculacho. A falta de respeito. E isso vale para todos, evidentemente.

Mas os petistas minimizam e debocham da questão. Se fosse com a candidata deles, nossa senhora!! Seria o fim da picada. Motivo, talvez, para o Lula interromper o processo eleitoral e fazer aquilo que gostaria de fazer: ficar mais quatro anos no Poder.

Mas ele vai fazer isso de qualquer forma, estando à sombra de Dilma, como um Rasputin do Sertão. Não há dúvida de que Lula é um líder carismático e conseguiu contagiar seus eleitores com a ideia de que Dilma será uma continuidade de seu governo. De que todos votarão num puxadinho de seu governo. Dilma pensa que é Lula, num caso impressionante de crise de identidade. A criatura vira o seu criador e vice-versa. E o que é igualmente interessante: seus seguidores identificam o mesmo.

E Dilma é, sem dúvida, a candidata perfeita para representar a arrogância de muitos petistas (não me refiro aos eleitores do PT e, sim, aqueles com ficha assinadinha. Especialmente os que mamam nas estatais e tanto batem contra as privatizações. Afinal, seriam menos cabides para a companheirada...). O interessante é que a tropa de choque do PT é de uma eficiência monstruosa em sua capacidade de assombrar os meios de comunicação.

Lula está aí, querendo impor controle sobre a internet e demais meios de comunicação, tal qual Fidel Castro fez em Cuba. (Talvez a Fidel de saias de Lula assuma essa missão...). E não são poucos os jornalistas e críticos de plantão a disseminar postagens, comentários e e-mails criticando e atacando todos que OUSAM fazer qualquer comentário sobre os governos do PT.

Logo apontam o dedo invocando a história, chamando as pessoas de fascistas ou apoiadores da ditadura. Nisso, são muito eficientes.

Por fim, devo dizer que não simpatizo com Serra. Mas muito menos com a Dilma. Essa é a legítima eleição onde muitos eleitores terão que escolher entre a candidata que não se quer e o que não serve...

Mas fazer o quê? O que temos são eles dois. Que vença o menos pior.

Texto de Márcio Brasil.

Cena 463: Sorteio "Servidor das Letras"


O blog O Adversário está sorteando um exemplar da coletânea "Servidor das Letras". Se você estiver interessado, envie um email para mauricio_limeira@yahoo.com.br e responda:

1. Como conheceu o blog?
2. Do que você mais gosta no blog?

O resultado sairá na semana que vem.

Participe, e boa sorte :D

Cena 462: Segunda-feira

As segundas-feiras são tão horríveis, que fazem até o domingo ficar chato. Mas, vendo pelo lado bom, a Segunda-Feira é o melhor dia da semana, porque é o dia que está mais longe da próxima Segunda-Feira.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Cena 461: Ursinho carinhoso

Ou... nem tão carinhoso assim.

Cena 460: Fim do mistério!!!

Uma mulher pergunta a um mestre chinês:

- Mestre, por que um homem que faz sexo com várias mulheres é chamado de campeão e uma mulher que faz sexo com vários homens é chamada de vagabunda ?

E o mestre responde:

- Filha...Veja bem, uma chave que abre várias fechaduras é uma chave-mestra. Já uma fechadura que abre com qualquer chave, não serve para nada.

Sabedoria chinesa é o que há!

Peguei lá do Conselho Jedi.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Cena 459: Anjos Histéricos


As paredes estão se fechando sobre mim, e o meu próprio medo me impede de perceber que o chão também está desaparecendo.

Uma singela homenagem à Luciana, uma das minhas escritoras preferidas. ♥

Cena 458: Horário de verão NÃO


O povo precisar de horário de verão pra economizar energia é o fim mesmo. Desliguem as televisões, simples assim.

Detesto esse horário. Detesto chegar às 21h da noite e ser dia ainda.

Cena 457: Atividade Paranormal 2

Gostei muito do primeiro filme e, pelo trailer, o segundo parece ser mais tenso.


terça-feira, 19 de outubro de 2010

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

domingo, 17 de outubro de 2010

Cena 454

- ...e foi isso.

- E o que você sentiu?

- Nada.

- Nada?

- Depois... acho que senti felicidade.

- Felicidade?

- É... fiquei feliz por não ter sentido nada.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Cena 452

- ... e o que você viu?

- Não sei... eu não sei o que eu vi. Mas não queria ter visto.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Cena 451: A Change Of Seasons


Silêncio
ensurdecedor;
Pressão no peito como se estivesse me afogando, a visão torna-se turva e o ar não existe mais;
Os dias são escuros, cinzas, cinza prateado, mesmo assim brilhantes;
Respirar torna-se quase insuportável;
Os olhos te procuram onde nunca estás;
Mesmo um
tubarão sente a
falta da água;
Nem imagens, nem palavras, estou cego e vejo melhor;
Ninguém é de ferro;
Sinto melhor;
O tempo cura ou ele é a doença?
Ninguém
jamais viu isso,
e não crerão
quando digo;
Girando não em círculos, mas em espiral;
Como vêem e não
conseguem enxergar,
ouvem, mas não
escutam, sabem, mas
não sentem?
Busco-te no fundo da garrafa, e na outra e na outra e na outra;
O leão da selva;
Ausente, mas nunca distante;
Para quê acordar se
não consigo sonhar?
Viver é mais suportável;
Sempre um outro dia, sempre um outro dia, sempre um
outro dia, sempre um outro dia;
O pássaro do céu;
Existem sim melhores que tu, mas não são elas que fazem meus átrios movimentarem-se;
Um dicionário não diz tudo;
De onde se vê quando se enxerga?
Insônia me diz que não estou sonhando;
Uma flor talvez consiga dizer tudo isso?

Cena 450: O homem foi à Lua

Alguns acreditam que o homem não foi à lua. Citarei aqui alguns argumentos que li sobre a possível não ida e explicarei cientificamente porque estão errados.

1 – Por que a bandeira norte-americana aparecia tremulando nas fotos? Na lua não existe atmosfera, ou seja, não há ar, não há camadas como a estratosfera, litosfera, etc. Quando uma bandeira é fincada na terra, a vibração originada na ponta da haste da bandeira se propaga por toda ela em frações de segundo e a bandeira logo está parada, sem vibrações. Na lua não é bem assim, a vibração é muito mais lenta e então a bandeira não encontra a resistência do ar, o que a mantêm por um bom tempo tremulando.


2 – Por que existe penumbra em algumas fotos sendo que se não há atmosfera, não há penumbra? Certo, não deveria haver penumbra pensando assim. Acontece que não devemos estudar fatos isolados e sim levar todos os aspectos em consideração. A superfície da lua é formada por uma grande quantidade de sedimentos finos produto de inúmeros impactos de meteoritos. Esta camada de solo é chamada de regolito lunar. Essa camada em especial tem propriedades refletivas. Logo, o que havia lá não era penumbra da luz e sim a reflexão da luz obtida pela superfície lunar.


3 – Por que ficaram pegadas na lua? Aqui na terra, a areia é agrupada de forma lisa, ou seja, se ela não estiver molhada para ter uma ligação mais forte entre as moléculas, assim que pisarmos e tirarmos o pé, a pegada não sobrevive. Entretanto, na lua é diferente. Não há água e há vácuo e além disso os grãos de poeira lunar são agrupados de forma irregular, logo não precisa de água para se sustentar.

Esses foram os fundamentos básicos. Quando apareceu a teoria da conspiração, tudo o que imaginei foi: Um aluno de ensino médio leu um livro de física com as leis básicas e criou um site querendo usar simples leis colegiais para abalar toda uma estrutura. As vezes é preciso ter a mente aberta e pesquisar pra valer antes de criticar algo. Qualquer outra questão pendente, me comprometo a responder. Tudo isso está baseado em leituras, perguntas aos meus professores, etc. Não tirei nenhuma resposta de um livro unicamente, logo não entrarei no mérito de bibliografias.

Texto enviado por Stênio Zimermann.

Nota da autora do blog: eu discordo do Stênio.
Não sei se há governo mas, se há, sou contra.
É isso. haha

terça-feira, 12 de outubro de 2010

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Cena 448

- O sonho acabou e eu, finalmente, estou livre.

- E você vai se prender ao que ou a quem agora?

- A mim.

Cena 447

Olá, Tainã, estou apreciando seu olhar crítico en suas "cenas", interpretações de um flasback que motivam o leitor a reflexão, a um retorno. Diáletica é a filosofia que precisamos. Abraço.

Wilson
http://www.ditongopoetico.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

domingo, 10 de outubro de 2010

Cena 446: A salamandra de Santiago

Uma florzinha de fogo
soberana na campina.
Para ela não se deve olhar, afoito
pois queimará nossa retina.

Tirar-lhe as pétalas?
Que pensamento comum e tolo.
Deixemos que ela decida em quais festas
irá encontrar o androceu menos bobo.

Sim, isso! Inversão do jogo da vida,
onde a flor devora a abelha
numa alegria franca e consentida;
Onde tudo se parece, se assemelha...


Este poema foi feito pelo César, do blog Azues, para mim.

Obrigada, César! Adorei :D

sábado, 9 de outubro de 2010

Cena 445

gostei do total - as palavras que destilas são felinas e necessárias para alimentar alguma coisa, talvez o ego que nos subtrairam na nossa caminhada.

metamorfosear
http://irineuxc.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Cena 444

Parabéns, gostei do texto e do blog. Diferente, bonito, consistente... atraente!
Sucesso! Te seguirei.
Abração.

Taddeu Vargas
http://taddeuvargas.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Cena 443: Thin Air


I. Pinturas, esculturas, peças musicais e outras obras já vistas, ouvidas, escutadas e sentidas, cada vez que se percebe uma delas nota-se algo distinto, já estava lá, mas a atenção do olhar e do pensamento cruza e dirige-se para uma outra direção. Há muitas obras primas, cada uma se destaca por seus traços e sons excepcionais.

II. Como descrever que seu cabelo não estando preso faz realçar o formato do seu rosto, ou como a luz brilhante do sol faz ressaltar a vivacidade dos seus fios, bem como a luminosidade da lua enfatiza a cor e o formato de seus olhos e as maçãs de seu rosto.

III. Nunca pensei que o sol e a lua pudessem me oferecer tamanho espetáculo, nunca os mesmos, mas sempre majestosos.

IV. Talvez você não saiba, mas agora venho a dizer – novamente quem sabe – o quanto seu sorriso pode fazer mudar o dia de alguém, como um castiçal com mil velas ardentes.

V. Tive um relâmpago da sua simpatia e gentileza, ainda pergunto como não havia te percebido antes?

VI. Quantos tons e sons ainda não vi, ou terei a oportunidade de presenciar?

VII. Não deixei de pensar se você já foi destinatária de algum escrito ou fala como essa, mas creio que isso que faço não pode ser retido.

VIII. Tens um andar leve e decidido como uma brisa a beira mar.

π=3,14. Todos os ângulos são favoráveis, mas como um bolero, depende de onde se olha.

X. Talvez não haja certo ou errado, possivelmente apenas existam movimentos diferentes, mas para haver o certo deve existir o errado, o igual e seu contrário, nenhum piano tem a mesma afinação que outro. Mas duas cores formam uma – o movimento é contínuo.

2.7. É possível descrever uma cor como o azul, o castanho como seus olhos ou a circulação de seus pensamentos? Há o que descrever ou simplesmente contemplar?

XI. O infinito já não é suficiente, a música não tem sons o bastante, o caos e o sem sentido não existem mais, palavras vão além do que elas um dia “quiseram” ir.

XII. Aquela música que sempre se quer ouvir! Na tua presença não há vazio, ou há pouco dele, o silêncio torna-se menos alto, tua voz preenche os espaços! O ambiente fica colorido, menos sombrio.

XIII. Os sentidos/sentimentos podem dar razão (?).

300. Por que prosseguir?

XIV. As ondas do mar chegam de maneira diferente à costa, os ventos mudam, mesmo sendo sempre ventos, seus efeitos nunca são os mesmos...

Texto enviado pelo meu amigo "de ferro", Davi.

Cena 442

- Saboreio um gole doce de café junto à sensação amarga de não lembrar mais quem é você. Quem você é...

- Você está perdendo o controle novamente.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Cena 441

Parabéns, Tainã! Belo blog, criatividade, cultura, inteligência e bom gosto! Bjs

Carlos Couto
http://versosrasos.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

Cena 440: Beethoven's Last Night

Adoração suprema ao melhor CD da banda Trans-Siberian Orchestra, que conta sobre a última noite da vida de Beethoven. Uma verdadeira obra-prima!

Faça um favor a si mesmo: escute Beethoven's Last Night.


terça-feira, 5 de outubro de 2010

Cena 439

- Você ainda está aí? Só hoje lembrei de você... e não sei porque lembrei. Pensei que seria difícil me curar, mas... eu quase nem lhe reconheço mais. Aos poucos você está sumindo da minha mente. É possível que em poucos dias você passe por mim na rua e eu não saiba mais quem você é. Na verdade, sei sim por que lembrei de você... o tempo não apaga nada, a mente é que começa a jogar fora o que já não é mais necessário.

- Com quem você está falando, Ana?

Cena 438: Deus é contra o homossexualismo!

...pelo menos na ideia do pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, que está veiculando em 600 outdoors do Rio de Janeiro uma mensagem homofóbica: "Em favor da família e preservação da espécie. Deus fez macho e fêmea".

Pelo que eu sei, pela lei, família pode ser só uma pessoa e, "preservação da espécie"? Já não tem gente de mais no mundo? O homossexualismo chega a ser benéfico, já que serve como controle de natalidade.

Onde entra o tal do "amai-vos uns aos outros como a si mesmo" que esse pastor prega na sua igreja? E aquela história de "crescei e multiplicai-vos" precisa ser relida. Acho que estão interpretando de maneira equivocada.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Cena 437

Seu blog é realmente maravilhoso!
Você está de parabéns!
Tenho muito que ficar, por aqui e arranjarei tempo, sem dúvida. Você é uma exímia bloqueira.
Um abração carioca.

Paulo Tamburro
http://adoraonoturnafeminina.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

domingo, 3 de outubro de 2010

Cena 436: Pior que tá não fica?

Entrou o palhaço que estava faltando! Parabéns a todos os brasileiros que contribuíram para este feito. Eu desejo que vocês "morrão".

Cena 435

Olá, a descrição do teu perfil é instigante, crua e sincera. O conteúdo um bucado intrigante. Há algo de muito sedutor nas plavaras, e não posso deixar de dizer que combina muito com a foto ao lado. Abraços.

Jonathas Nascimento
http://acervopop.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

sábado, 2 de outubro de 2010

Cena 434

Tainã Steinmetz você é muito inteligente, a maioria das pessoas tem dificuldade de assimilar suas nuances de personalidade, é fato que em geral pessoas inteligentes são mal compreendidas, podemos constatar essa verdade histórica. Um comportamento diferente desperta atenção dos outros, principalmente hoje que vivemos no mundo das generalidades em que a maioria quer pertencer a uma tribo, buscam fazer ou parecer igual aos demais pra ser aceito. Perdemos muito da nossa individualidade, somos frutos da massificação, conseqüência do bombardeio das mídias impondo padrões de comportamento e consumo. Pessoas inteligentes procuram conhecer de tudo e ate participam do “jogo” quando lhe é interessante. Existe também nossa luta contra nos mesmo, aprendendo a nos dominar, e aos nossos instintos, isso pode explicar algumas decisões incompreendidas, quando o processo é interior ("Coração é terra que ninguém passeia") invisível aos olhos humanos. Hoje eu vejo uma sociedade egoísta, todos querem carinho e atenção, não existe uma época com tantas pessoas carentes de um abraço, um afeto, uma palavra de conforto. Todo este burburinho social tem alterado nossas emoções, perdemos nossa sensibilidade, temos dado um valor exagerado ao materialismo, hoje o “ter” vale mais do que o “ser” e esquecemos-nos de cuidar de gente. Despeço-me com uma frase da Clarice Lispector: “Sabe o que quero de verdade? Jamais perder a sensibilidade, mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma. Porque sem ela, não poderia mais sentir a mim mesma.” Você é autêntica e fala o que pensa. São pérolas raras. Boa sorte.

Benjamin
http://wlsbem.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Cena 433

Posso-te dizer que apercio bastante a tua forma de escrever... essas citações tiradas de um contexto não seguido de inicio.. take care

Mal
http://leading-role.blogspot.com

_______________

Deixe sua opinião, crítica, sugestão sobre o meu blog através de comentário ou e-mail (taina.steinmetz@bol.com.br) com seu nome, blog e/ou e-mail para contato. Opiniões anônimas serão descartadas.

Cena 432

Nossa, às vezes não consigo acreditar na vastidão da burrice das pessoas. Devia haver uma lei obrigando as pessoas a tirarem uma carteira, ou pelo menos uma licença de aprendizagem, antes de poderem falar. Até passarem no Teste de Conversa, teriam de ficar mudas. Isto resolveria uma bocado de problemas.

Stephen King