quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Cena 553

...mas antes de chegarmos aí, temos de voltar até onde tudo começou, quando Deus estava ocupado com a criação do universo, onde só havia porcaria cósmica. Ou a massinha de modelar de Deus, se preferirem. Enquanto Deus estava ocupado com essa massinha, criando todas as coisas viventes, Ele colocou a morte dentro de um pote de cerâmica para resguardá-la, até que descobrisse o que fazer com ela. Um dia, Deus entregou o pote a uma rã e a um sapo para protegê-lo de danos enquanto Ele ia criar algo mais fantástico. Por que o entregou a uma rã e a um sapo? Nunca saberei. Mas uma coisa levou à outra. O vaso se espatifou, libertando a morte. E desde então,tudo tem que morrer. E assim você o tem. O mistério da morte finalmente revelado. Todos morrem. Simplesmente é assim. O relógio vital tem o mesmo ritmo para todo. E todos sabemos que esse relógioalgum dia irá parar. E quando o fizer, só teremos tempo de dizer... Mer...

Nenhum comentário: