terça-feira, 5 de outubro de 2010

Cena 439

- Você ainda está aí? Só hoje lembrei de você... e não sei porque lembrei. Pensei que seria difícil me curar, mas... eu quase nem lhe reconheço mais. Aos poucos você está sumindo da minha mente. É possível que em poucos dias você passe por mim na rua e eu não saiba mais quem você é. Na verdade, sei sim por que lembrei de você... o tempo não apaga nada, a mente é que começa a jogar fora o que já não é mais necessário.

- Com quem você está falando, Ana?

2 comentários:

Charles Bronson disse...

que nóia...heuehueheu O.o

Mariposo-L disse...

eitaaaaaaaaaaaaaa