sexta-feira, 18 de junho de 2010

Cena 293: Morreu Saramago

Pois é... e daí? Com certeza ele está melhor que nós.

Esse post não tem a finalidade de discutir sobre a obra dele, mas fico profundamente irritada quando uma celebridade morre e algumas pessoas entram em crise existencial. Um dia ele teria que morrer. TODOS vamos morrer. Por favor, entendam isso.

Uma moça escreveu um artigo no UOL com o título "Como vamos ficar sem Saramago?". Com todo o respeito, mas eu ri. Sério. Que exagero! Ora, o mundo vai continuar o mesmo. A fome e a miséria não vão diminuir. O racismo não vai acabar. E as pessoas não voltarão a enxergar.

Se vale uma dica, preocupem-se com o que ele deixou dito (escrito), e não com o que ele ainda poderia vir a contribuir. É única maneira de imortalizá-lo. Lamentar a sua morte, não o trará de volta.

Em tempo: Algo nada a ver com o post, mas quero deixar um recado para a Camila do Desiina: Não tenho comentado no seu blog porque ele está acusando erros aqui e não abre. Quando abre, fica travando e eu tenho que fechá-lo :( Eu sei que certas coisas têm vida própria, então, espero que isso volte a viver direitinho pois eu estou com saudade dos seus posts! Beijos.

2 comentários:

Suzi disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Só muita gargalhada mesmo com você, menina Tainã.

Simples, direta e verdadeira.

Acabo de postar também sobre a morte do Saramago, daí quando vou ver as atualizações dos blogs que sigo, vejo seu post. kkkkkk

Realmente tens toda razão, o mundo não vai parar pela morte do cara, mas que perdemos um grande escritor/poeta, ah, isso perdemos sim!

Te admiro! Te abraço forte!

.
.

Felipe disse...

Já que a morte é inevitável...