sábado, 22 de maio de 2010

Cena 266: Quem leva a sério o que?



Desconheço quem tenha razão / Acho perda de tempo qualquer discussão / Em defesa daquilo que o serve / Muito se fala, pouco se escreve / Há quem saiba o que ninguém mais sabe / E quem veja o que ninguém mais vê

Quem leva a sério o quê? / Quem quer saber de quê? / Quem pode me dizer / Como exatamente todo mundo deveria ser?

Coerência na persuasão / Pré-estabelecida está a conclusão / Se eu falar sobre o que não entendem / Poucos escutam, muitos se ofendem / A verdade é que não há verdade / Tudo é porque não há não ser

MATANZA

Um comentário:

Sergio disse...

Putz, muito bom! Depois dizem q letra de rock (inda mais hard rock!...) ou é sexista, ou grossa baboseira (sexista)! Taí uma letra sofisticada, filosofia pura -e- na veia! Quanto a música, vou dar um desconto, não deu pra ouvir no volume “aumenta q isso aí é R&R!”