domingo, 18 de abril de 2010

Cena 241

Dessa vez eu pensei que seria diferente, mas foi como das outras vezes. O que você não percebe é que eu cansei de me iludir e de machucar meu coraçao. A sua máscara perfeita está caindo e eu não estou afim de ficar para o fim deste show e muito menos para ter de aplaudir. Provavelmente vai ter outras lá e você poderá escolher entre elas qual será a da vez, a trouxa que irá ouvir tudo o que eu ouvi. Mas ultimamente nem em sonhos eu quero te ver e nem mesmo frequentar os lugares que você frequenta, porque eu não quero cometer os mesmos erros de novo, e agora eu vou tentar te esquecer, então nao venha falar comigo e nem me olhe nos olhos, porque você vai perceber que eu ainda te amo.

4 comentários:

Felipe disse...

Oi, Tainã. Gostei destas 3 últimas postagens, pelo seu senso de humor. Uma boa noite de domingo prá vc! Bjs!

Washington Benjamin disse...

A historia se repete em nossas vidas, o que passou de certa forma pode voltar acontecer. Aprendemos com os erros do passado, mais quando amamos de verdade insistimos alem do limite da nossa experiência. O pior que o amor nos impele acreditar que vai ser diferente só prá “descobrir” que deixamo-nos levar mesmo percebendo tudo, aí já é tarde... Fica a dor e o desencanto. Mais não é o fim, todo o ciclo pode recomeçar quando o tempo apagar nossas memórias. Não devemos deixar de amar, as decepções fazem parte da vida de quem ama.
Bjux

Jonathas Nascimento disse...

Oi,
Corações partidos, almas sofridas, mas mesmo assim o amor ainda move a vida...sempre!

Abraços,

theBluesman disse...

just take it easy my dear, life's too short to get hurt