quarta-feira, 31 de março de 2010

Cena 223: A Vingança do Gato-to

Dona Chica-ca tinha acabado-do de chegar da igreja-ja.
Devota-ta de Jesus-sus, ela tinha ido-do para lá rezar-zar.
Dona Chica-ca se achava-va santa-ta,
Mesmo sendo-do fofoqueira-ra.
Noite de calor-or, janela aberta-ta
Dona Chica-ca se deitou e dormiu-miu.
Do telhado-do, foi que ele surgiu-giu
Era o gato-to, que não morreu-rreu
E queria-a sua vingança-ça
Com as unhas-nhas afiadas-das
Ele se avançou-çou no pescoço-ço
Foi o último berrô-rrô
Que a Chica deu!!!!!!!
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH

CRÉDITOS
Texto: Márcio Brasil.
Foto: Finado gato do meu amigo Iuri.

3 comentários:

bondearte disse...

Bem feito pra ela
Quem manda ser fofoqueira.

Anônimo disse...

thanks for this nice post 111213

Anônimo disse...

i
i
i