segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Cena 117

O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece.


Charles Bukowski

2 comentários:

Márcio Brasil disse...

Lindo esse texto. Adorei. Mais lindo ainda foi ter ouvido de tua boca...

AnneKira™ disse...

Muito bom como sempre ^^

Aliás, achei melhor você ter aumentado o numero de postagens na página principal do blog. Antes ficava meio complicado achar o link para olhar as postagens dos dias anteriores.