segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Cena 88: A Equação Humana - 13º Dia: Orgulho

[Anthony] Eu sempre fui criativo, eu não entendo. Aspirante à artista, não um homem de negócios.
[Orgulho] você precisa mostrar para seu velho que está no controle. Para ter fortuna, você venderia sua própria alma.
[Anthony] Eu sempre fui respeitável, eu não entendo. Eu tentei ser compreensivo, eu não sou uma pessoa rude.
[Orgulho] Você precisa mostrar a eles que é superior, você lidera, ninguém se opõe a você, e todos têm de dar a preferência.
[Anthony] Eu sempre fui apaixonado, eu não entendo. Eu realmente a amo, eu não sou uma pessoa sem coração.
[Orgulho] Você não tem tempo para compromissos, eles atrapalham. De volta ao negócios, não há tempo para brincadeiras.
[Razão] Você ainda pode mudar e acertar o que está errado.
[Orgulho] Mas você pode me engolir, ou sou muito forte?
[Razão] Você tem de voltar agora, não é tarde.
[Orgulho] Não é de você desistir do seu destino.
[Razão] Os amados estão esperando, saia de sua jaula.
[Orgulho] Você tem o poder, entregue-se à raiva.
[Razão] Escute o Orgulho, pela primeira vez ele está certo.
[Orgulho] Escute a Razão, deixe-nos ser seu guia.

Um comentário:

Edson Carmo disse...

Tem um prêmio para você no blog Edson Carmo

http://cenasdaminhamemoria.blogspot.com/

Passe lá para pegar e Parabéns!

Edson Carmo