domingo, 18 de outubro de 2009

Cena 87: A Equação Humana - 12º Dia: Sinal

[Amor] O destino veio para avisar que há tempos você tem esquecido o coração dela. Vá até a verdade. Respire o raio de sol queimando nos braços dela. Quebre as correntes que amarram-no a um passado que alimenta esses dias amargos. Aproveite sua única chance, siga as estrelas que te guiam nesse céu escuro.
[Esposa] Você consegue sentir eu tocando seu coração dolorido? Eu consigo sentir o quanto você sente minha falta... Dê-me um sinal, mostre-me que você está aí, tenho certeza de que irá achar o caminho de volta para mim.
[Anthony] Não acredito que me tornei tão vil. Como pude ignorar o senso dela? Ela estava sempre lá para aumentar a minha dor. Estou tão envergonhado. Me pergunto como ela ficou comigo, como agüentou a minha vaidade. Eu quero voltar para consertar os meu meios. Será muito tarde?
[Esposa] Você pode ver? Eu juro que é verdade, uma lágrima escorreu em seu rosto?
[Melhor Amigo] Sim, é verdade, eu também vejo, podem ser suas feridas internas?
[Esposa] Não acha que deveríamos estar contentes? Ele sente alguma coisa afinal.
[Melhor Amigo] Pode ser que ele esteja chorando por nossa culpa.
[Esposa] Importa por que ele chora?
[Melhor Amigo] O que passa na cabeça dele?
[Esposa] Será que ele nos deu um sinal? Você pode ver? Eu juro que é verdade, ele fechou sua mão direita em um punho.
[Melhor Amigo] Sim, é verdade, eu também vejo. Pode ser sua raiva interna?
[Esposa] Não acha que deveríamos estar contentes? Ele tem algum pensamento.
[Melhor Amigo] Pode ser que ele esteja com raiva de nós.
[Esposa] Importa por que ele está?

Nenhum comentário: