terça-feira, 22 de setembro de 2009

Cena 63: Por que você me odeia mesmo?

Você apenas diz que me odeia e que gostaria que eu morresse, sem mais razões, sem mais explicações, então vou lhe dar os verdadeiros motivos por você me odiar tanto assim:

Você me odeia porque eu digo a verdade e nunca precisei mentir para tê-lo.
Você me odeia porque ele se apaixonou por mim mas gostaria que ele dissesse que ama você, assim como gostaria de ter ouvido os pedidos de casamento que eu ouvi.
Você me odeia porque não suporta saber que eu existo, e bem perto dele.
Me odeia porque ele sabe de todo o mal que você fez.
Você me odeia porque ele fala para você que me ama e nunca te amou. Nunca vai te amar.
Você me odeia porque gostaria de estar no meu lugar.
Você me odeia porque eu conheço a alma dele.

Todos os defeitos que você enumera em mim, na verdade são defeitos seus que você não aceita e não consegue se libertar. Então o melhor que você tem a fazer é colocá-los todos em uma só pessoa. A pessoa que, na verdade, você gostaria que fosse tão má quanto você idealiza. A pessoa que você gostaria que fosse tudo o que mais há de pior, para, nem que por um segundo, ele acreditar que você é quem merece o amor dele.

Você sabe as mentiras que se escondem na sua alma e na sua consciência, e é por isso que já está pagando por tudo.

2 comentários:

Camile. disse...

Meu Deus! Que inveja dessa pessoa! Credo! oO
Como já diria os provérbios de Salomão: "A inveja seca os ossos"....

Luciana Nogueira disse...

Tudo bem, isso me fez sentir exatamente o que eu morro de medo de ouvir de alguém um dia - e sei que, em parte, bem serviria para que eu ouvisse \:

Que bom que você posta todos os dias, assim tenho novidades boas para ler - acho que daqui a pouco você vai se encher de mim comentando em tudo o que você escreve, rs :*