sexta-feira, 17 de julho de 2009

Cena 8 ~ Opening Into Nightmares

Você sabe o que é sentir uma tristeza infinita, capaz de devorá-lo por inteiro, sem que você possa ao menos levantar-se para pedir socorro? Não me refiro a uma tristeza comum, esta que é fundamental na vida de qualquer indivíduo.

Você sabe o que é chorar para que um novo dia não amanheça com a quase total certeza de que este dia será tão exaustivo quanto o que se foi? Você sabe o que é sentir-se inútil e completamente incapaz consigo mesmo? Você sabe o que é estar subordinado aos seus próprios sentimentos?

Você sabe o que é passar anos no mesmo estado de humor, com isso tragando-o para dentro de seu desespero, aumentando ainda mais a dor? Não falo de dor física, esta muitas vezes é eventual. Refiro-me a uma dor mental esmagadora capaz de sugar todas as suas forças. Capaz de arrastá-lo e atraí-lo para os seus mais terríveis pesadelos.

Você sabe o que é rezar para morrer? A dor e o sofrimento chegam a ser tantos que a aflição de morrer e a dor da morte já não mais importam, pelo contrário, a morte torna-se um tanto atraente a olhos amedrontados.

Você sabe como é ter vergonha e nojo de si mesmo ao perceber que permanece inerte a tudo e a todos? Você sabe o que é estar entorpecido pelas intermináveis lágrimas que insistem em cair em seu rosto, soluçando e a ponto de chorar sangue?

Você sabe o que é ter pena de si mesmo ao olhar-se no espelho? Você sabe o que é sentir uma fraqueza tão intensa sem saber de onde ela vem?

Você sabe o que é não ter mais vontade nem de se quer respirar? Você tem noção de como é tudo isto?

...

Você sabe, ao menos, do que estou falando?

4 comentários:

Anônimo disse...

Sim, eu sei, tambêm.
vêm e vai, e insiste em me assustar.
eu não sei porque.
eu me vejo no espelho e não gosto de mim, mas agora eu cheguei a entender.
o problema não é a imagem que vejo no espelho, mas o jeito que olho pra ela.

Beijos carinhosos.

Ademar Oliveira de Lima disse...

Estive por aqui aprendendo um pouco com o seu blog!! Abraços Ademar!!

byveramarina disse...

Eu sei do que você está falando...é assim que me sinto!
Beijossss
Vera

Luciana Nogueira disse...

Não que eu saiba - apenas sinto em minhas entranhas.

Ah, encontrei seu blog por acaso... acho que já posso me considerar sua leitora oficial :D